segunda-feira, 8 de março de 2010

Segredo do Coríntians é a união do grupo - Para o técnico Pedrinho, bastou isto e um rumo, que o "Galo" obteve seu intento inicial, o título.




O título do Coríntians veio com uma emoção forte - a de ter se superado. E para isso contou com um fator especial: a "União do grupo". E quem ajudou a unir esse grupo foi o técnico Pedrinho Albuquerque.

O que ele fez para que o grupo, que ele pegou desacreditado e perto das últimas posições, desse tal reviravolta? "O que fez a diferença foi o comportamento da rapaziada", explicou Pedrinho. "O pessoal se fechou em grupo, eles entenderam que a promessa maior era de conquistarmos o título, e aí eles conseguiram, quando entramos (para valer na competição) entramos de vez", seguiu, parabenizando o grupo.

Tratemos do segundo turno

O Coríntians não perde tempo - "Já comecei a trabalhar o segundo turno, não posso deitar na sombra agora, acho que 'não ganhamos nada'. Ganhamos o direito de ir a uma final. Vamos objetivar chegar à final do segundo turno", emendou Pedrinho, sem esconder: está de olho em mais um título estadual, que pode ser, se tudo der certo, o segundo da história do Galo do Seridó.

Um comentário:

lindebergue disse...

Nós mostramos mais uma vez para o estado que também temos capacidade para conquistar um titulo. E agora rumo ao 2º titulo estadual da historia do galo. parabéns a todos